A arte e a poesia da ex-aluna Deise Pessi

02jun10

Deise Pessi
Deise Pessi (Design 2007/2)

Quem é Deise Pessi?
Deise Pessi, uma coisa que beira a loucura no sentido mais feliz da palavra loucura. Gosta de materiais artísticos; desenhar; ler, comer, escrever poesia, degustar músicas, imaginar, pintar, beber leite e mergulhar no mar da arte.

Profissionalmente sou um pouquinho de várias coisas. Após sair do curso em 2007 estagiei em uma empresa de equipamentos eletrônicos onde fazia o material gráfico da empresa, mas não gostei. É normal que o primeiro estágio não seja o que sonhávamos enquanto alunos. Após essa experiência, me dediquei aos estudos, passei a me dedicar mais ao que gostava de fazer, ao contrário do que acontecia nas experiências em empresas. Foi nesse momento de transição que descobri a graduação que realmente queria fazer e o porquê não gostava dos trabalhos que fazia. Hoje descobri que sou artista e que a poesia tornou-se indispensável no meu universo.

Logotipo da loja de artigos para crianças Zuppi - Baby e Kids

Logotipo da loja de artigos para crianças Zuppi - Baby e Kids

Sou acadêmica de Artes Visuais da UNESC, já trabalhei como designer em uma empresa de assessoria farmacêutica, freelancer para empresas de vestuário, já fui “hippie” no verão de 2008/2009 (e não foi porque nada deu certo hein?), vendia minhas criações em móbiles e toys na praia de Garopaba, e também atuei como professora de Artes na APAE de Criciúma, uma experiência única e que me deu muita alegria em viver e saudade.

Ensaio Guilia Cechinel

Ensaio Guilia Cechinel

Atualmente, sou freelancer em fotografia e materiais gráficos, além do meu viver artístico que para mim já não é “trabalho”. Vivo a arte.

O Curso
Tudo no curso por mais estressante que eu achasse na época valeu a pena. Mesmo quando chegava em casa ao meio dia e dizia que ia desistir e que não agüentava mais. Valeu a pena principalmente pelo incentivo e apoio que sempre recebi da minha mãe para não desistir. Graças a ela, sai do colégio com uma profissão, e que hoje é um dos meus meios de trabalho.

Pássaro das 7 cores

Pássaro das 7 cores

Nesse caminho pude compartilhar conhecimento com profissionais maravilhosos que me ensinaram muito mais do que suas meras disciplinas. Não poderia deixar de agradecer aqui neste espaço a todos esses profissionais, que para nós são exemplos.

Inspiração
Às vezes digo que sou uma mergulhadora, e na maioria das vezes estou mergulhada em mim. É assim que funciona meu processo de criação. Quando mergulho em mim, viajo neste universo que crio e rabisco em papel. Este é o mundo que fiz e escolhi. Esse em que todos vivemos, que costumo chamar de “Mundo dos Homens”, para mim não basta, às vezes me faz mal, então foi a partir do desenvolvimento artístico que encontrei uma forma de expressão e de viver.

Mergulhando na criação

Mergulhando na criação

Como referências posso citar Manoel de Barros, um menino poeta de uma sensibilidade linda e pura, encanto puro. Oswaldo Montenegro, belo compositor, viajo ouvindo suas canções. O Teatro Mágico, o nome já diz, uma trupe mágica, um pouco de tudo numa coisa só. Nos mestres das artes, minha sina é Vincent Van Gogh (ai de quem ousar falar mal deste homem, compro briga). Para mim é um artista ímpar, de uma sensibilidade extrema, de sentimentos extremos, de pinceladas extremas, Vincent é pura arte!

Em processo...

Em processo...

E eu, um grãozinho de areia nesse meio, não tenho hora para criar, crio a qualquer hora. Pena que às vezes esqueço de registrar, ou registro e não guardo, mas isso me conforta as vezes tenho a sensação de que tudo esta no ar.

Os Pessians
Nesse meio tempo que estive na SATC, entre as aulas de composição e numa das fases complicadas que passei, acabei criando alguns personagens que na época não imaginava que significariam o que são para mim hoje. Desde sempre eram nas aulas mais artísticas que as idéias melhores surgiam, nunca eram nas aulas mais técnicas.

Em meados de 2005 iniciei minha história com os hoje conhecidos “Pessians”. Com o tempo os desenhos foram se aprimorando, e em julho de 2009 fiz minha primeira exposição artística intitulada “Nuvem Doce – Os dilúvios imaginários de Deise Pessi” na Casa da Cultura Neusa Nunes Vieira em Criciúma. Esta exposição contou com alguns desenhos, pinturas e a minha adorável sombrinha.

Pessian

Pessian

Bu’degas
Em um período em que não conseguia mais desenhar me dediquei a um projeto que surgiu com meu amigo de bolso Bruno Valvassori chamado Bu’Degas. O nome é uma referência ao pintor francês Edgar Degas, e o Bu’ veio para acrescentar ao nome a idéia de budega mesmo, coisa dos antigos. Sabe como é, na budega tem tudo que a gente precisa sem precisar ir muito longe. Em 2009 criei o blog em que fiz todo o desenvolvimento gráfico para iniciar esse nosso plano, que hoje é um bazar virtual. Lá vendo produtos criados e desenvolvidos por mim e pela minha linda mãe, Dona Dulce do coração.

Bolsas

Bolsas

Os toys surgiram na época que virei “hippie”, os aprimorei e hoje estão lá, lindos e coloridos. As bolsas são exclusivas, não confeccionamos peças repetidas. E é por esse diferencial único que ao adquirir os artigos Bu’Degas, as pessoas sentem-se mais únicas e especiais, pois ninguém tem igual. Afinal não é legal ser uma releitura de uma segunda pessoa ou de si próprio. Foi pensando no diferente, no exclusivo e em pessoas simples que se sentem únicas que o Bu’Degas foi criado.

Toys no Bu'Degas

Toys no Bu'Degas

Aproveite!
Minha dica é: Não desistam! (Não sou mãe, mas a praga delas sempre pega). Tudo é experiência e vai lhe servir em algum momento. Alguém algum dia disse que todas as experiências devem ser boas? Que devemos estar sempre felizes? Que não se deve desanimar nunca? Tá certo, alguém vai dizer. Mas a escolha é sua. O que eu vou dizer é que, em todos os momentos podemos aprender algo novo. Saiba aproveitar.

Plantas - Nankin e marcador sobre papel

Plantas - Nankin e marcador sobre papel

Uma vez um professor me disse “Veja além dos olhos” e isso entrou pelos meus ouvidos feito música. Desde aquela aula passei a observar as coisas mais vezes e de diversos ângulos, mal sabia eu que esse era um dos princípios do ponto em que me encontro hoje, o desenvolvimento artístico. Por isso, aproveite o curso, aproveite as oportunidades de estágio, de trabalho, as da vida pessoal também, aproveite tudo que puder. Seja feliz e não viva apenas para o trabalho. Viva de verdade, viva a tua maneira.

+ sobre a Deise
Blog: http://deisepessi.blogspot.com
Portfolio: http://www.dpessi.blogspot.com
Flickr: http://www.flickr.com/dedekita
Bu’Degas: http://www.budegas.com
Twitter: @dpessi
E-mail: deisepessi@gmail.com

Participe também! Conte um pouco da sua experiência no mercado de trabalho. É só enviar um e-mail para comunicandodesign@gmail.com



3 Responses to “A arte e a poesia da ex-aluna Deise Pessi”

  1. 1 Geovana TM

    =D ótima iniciativa do Blog, e Deise, virei mais ainda sua fã!

  2. A pubicação esta linda! Obrigada pelo espaço e pelo carinho com meu trabalho.
    Espero que tenham gostado.
    Bons fluídos para o blog🙂

  3. A história da Deise é muito legal mesmo!
    Parabéns Deise! Sucesso!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: